Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Estados Unidos’ Category

Começo esse post com uma palavra um pouco negativa: INFELIZMENTE.

Pois é, então: Infelizmente, tenho estado suuuuuper decepcionada com este país (Brasil, para os leigos)..muita coisa vergonhosa acontecendo! Corrupção…negligência…abuso de poder…mentira…altos impostos…falta de incentivo à indústria, ao empresário, à população. Aliás, tá difícil encontrar um ponto positivo pra mencionar! O país está virado em PÃO E CIRCO. Ligo a TV e só vejo festa: Carnaval, Copa do Mundo. E quando isso passar, quero ver o que vai sobrar.

Pra fugir de toda essa vergonha estatal, vou falar de um país que admiro d+. Que sim, tem defeitos, mas pelo visto mais qualidades que o nosso. O que não entendo é como um país que em média os impostos giram em 6% é infinitamente mais rico que o país do carnaval, que em 2013 arrecadou nada menos que R$ 1,7 trilhão de imposto!!! Com impostos que chegam a 50%!
No site IMPOSTOMETRO (http://www.impostometro.com.br/) podemos ver o quanto de imposto já foi arrecadado em impostos no Brasil. Na data de hoje, 08 março de 2014, já marcava 348 Bilhões. E para onde vai o dinheiro? Saúde? Escola? Estradas? Não o vejo.

Bom. Voltando aos EUA, agora como boa brasileira, vou puxar um pouquinho o saco de uma empresa show de bola que conheci! A DRIM Properties. Falo isso não só para fazer propaganda, mas pq defendo mesmo a ideia de que os imóveis no Brasil estão absurdamente CAROS, com impostos mais CAROS ainda. Então, se você tem dinheiro sobrando, invista nos EUA! Lá vc tem tudo de qualidade: atendimento, estradas, educação, transporte. E, além de qualidade, você consegue bens de consumo a preços extremamente viáveis. Só alerto: quanto mais você vai para lá, mais você fica #indignado com o Brasil!! A #Drim participou de uma feira no Brasil, mas sempre está encantando clientes por aqui.

compre seu imóvel nos EUA

compre seu imóvel nos EUA

#ficaadica #compreseuimovelnosEUA

Termino com uma frase de música do Fernandinho…”Tudo é possível ao que crê“.
Que Deus os abençoe.

Passeando em Miami

Passeando em Miami

Taís.
Hoje, decepcionada. Mas, esperançosa.

Read Full Post »

Vir a Orlando e não ir em nenhum parque, não dá! Esta cidade deve ser a maior concentração de atrações por m² e com certeza você irá gostar de alguma: parques aquáticos, parques da Universal, parques da Disney,…

Eu já tive esta impressão em 2006, e agora a confirmei: os parques da Disney não valem a pena (mas ainda assim, merecem um post, rs). Fãs do Mickey e do Sr. Walt Dsney (In memorian) que me perdoem, mas faltou emoção na hora de preparar estes parques. Ok ok, se você é louca por princesas e príncipes e castelos encantados, a Disney é o caminho para você, “where the dreams come true”.
Mas como buscávamos “aventura”, não foi o ideal até agora.
A vantagem é que eles ficam abertos até mais tarde, normalmente até às 21:30h, quem tiver pouco tempo pode tentar fazer 2 parques no mesmo dia.

Na Disney você vai ter essas opções de parque:

Epcot
Extremamente visual, pouquíssima aventura. É um parque cultural. Você vai andando e passeando por várias etnias. Tem um local que você pode provar como são os refrigerantes nos diversos países – sim, para você que não sabia, a coca tem sabor diferente! Nos Eua, na China, na França…cada qual para agradar o paladar da população local. Infelizmente, no Brasil ela é extremamente doce, viva a glicose!!
Como estamos com o bebê e eu e o André já conhecíamos este parque, optamos por não visitá-lo, mas o resto do pessoal deu um pulinho lá:

Spaceship Earth

Epcot Space

Epcot Space

Disney epcot

Disney epcot

Viva el Mexico

Viva el Mexico

Magic Kingdom.
Diria que é um parque para crianças: As Montanhas russa são levinhas, porém você precisa ter no mínimo 1,02m para poder frequentá-las. Como o Dudu “só” tem 73cm, não sei com que idade a criança atinge esta altura, mas acredito que logo.
Neste parque também tem aviãozinho que sobe e desce, xícara giratória, pista de corrida (atenção! os carros devem andar a uns 5km/h, rs) e também há o castelo da Cinderela: óooooohhhh, é o marco clássico do parque, onde acontecem vários espetáculos durante o dia.

Magic Kingdom

Magic Kingdom

Dudu

Dudu


Dudu assistindo o espetáculo

Dudu assistindo o espetáculo

Disney Parade

Disney Parade

xícara!

xícara!

O brinquedo mais emocionante do Magic Kingdom é a Space Mountain, uma montanha russa no escuro que simula o espaço, vale a pena.
O castelo assombrado simplesmente não assombra: o Dudu foi junto e adorou.

Notamos que para chegar no parque demanda mais tempo e é bem complicadinho: após estacionar o carro, é necessário pegar um trenzinho até uma mini estação e pegar mais um trem Monorail. Para ir com bebê foi meio trabalhoso.

Dudu AMOU o Pateta

Dudu AMOU o Pateta

O Dudu simplesmente AMOU os personagens. Acho que ele queria embrulhá-los para trazer para casa. Aparecem vários durante o passeio, e tem que encarar uma pequena fila para conseguir as fotos.

A maratona dos outros parques ficam para um próximo post. Parque e bebê = cansaço!!!

Amigos! Estas impressões são extremamente pessoais. Se você deseja conhecer os parques, procure a opinião de outras pessoas para formar sua conclusão!

Read Full Post »

Poder voltar em um lugar apaixonante, onde se esteve há 6 anos atrás e viveu uma das melhores experiências da sua vida é demais!
Pois é.
Em 2006 eu fiz um intercâmbio do tipo “work experience”, em Orlando, e simplesmente AMEI. Conheci pessoas maravilhosas, um lugar lindo, um novo jeito de ver o mundo e uma nova cidade com todas suas atrações. E desde então eu só pensava em voltar. Não a trabalho, claro, pois já tinha ralado muito aqui. Mas como turista.
E cá estou eu. NÓS. Veio toda a família, pra alegrar ainda mais a viagem: marido e filho (claro), mãe, irmã e cunhado. E logo também vem a sogra.
Na época, fiquei os meses de dezembro a março em Orlando, e até peguei um friozinho, que deu para usar um ou outro casaco. Porém, acabei de descobrir que no verão o calor aqui é INSUPORTÁVEL. Hoje está um dia bom, e veja como está a temperatura:

Que calor!

Que calor!

Tinha quase esquecido a praticidade dos americanos. Nossa casa (alugada) tem tudo, a gente se resolve aqui. Piscina, ar central, água quente em todas as torneiras (e quase nem faz frio aqui!) e vários eletrodomésticos práticos, como o abridor de latas elétrico, máquina de lavar e secar roupas. Coisas que aqui custam 5 dólares, no Brasil custariam mais de 40 reais. Não consigo entender essa desigualdade!! A origem é a mesma (China, óbvio), porque no Brasil tudo precisa ser no mínimo 2x mais caro?? Dá uma revolta e uma vontade de estar aqui e comprar muitas e muitas coisas, rs.

Nossa cozinha super equipada!

Nossa cozinha super equipada!

Quarto tipo americano e cama King size!

Quarto tipo americano, com closet e cama King size!

Our own pool

Our own pool

Por isso o número de brasileiros aqui é imenso. Andamos nas lojas, nos parques, nos shopping e o “blá blá blá” é sempre em português. Até os americanos estão ficando treinados, e de vez em quando a gente escuta uma tentativa de “bom dia”, daqueles bem enrolados.

O Dudu está adorando. Aqui ele aprendeu a se levantar de pé sozinho! E até já aprendeu a identificar uma batata frita, que SEMPRE quer uma, duas, três…pode??

Dudu - Eu já sei ficar em pé!

Eu já sei ficar em pé!

Beijos e abraços, de toda a família.

Read Full Post »