Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘cansaço’

Flores de pano

Estou aqui a trabalho, cheguei no dia 30 e volto dia 16. Serão um pouco mais que duas semanas, a viagem é longa, demora 36 horas. Tenho facilidade em dormir, então aproveito os voos, sonhando literalmente alto, rs. Ainda assim parece que não descanso o suficiente, o corpo está cansado. Hoje já é dia 01, então, teoricamente, o meu cansaço – que dizem ser os 03 primeiros dias – irá durar até amanhã. Hoje novamente acordei às 5 da manhã. Aproveitei para fala com o pessoal da empresa, lá ainda era 18h e fazer o texto do blog.

A internet aqui funciona bem, porém alguns sites são simplesmente bloqueados. Facebook, blogs, etc. Meu blog inicial era da blogspot, mas não conseguí acesso aqui. Apelei para o wordpress, que de vez em quando também não abre. Assim, quem atualiza os posts é meu noivo, André, no Brasil. Mando os textos por email, que até agora tem funcionado bem, as fotos por msn e a atualização fica com ele. Não corro o risco de ser barrada pela censura chinesa. Também não os critico por isso, imagino como deve ser difícil alinhar um país desse tamanho e tão populoso.

A China é um país gostoso, embora me dê agonia a obrigação de me comunicar com sinais, corro o risco de não ser compreendida. Além disso, sentar numa mesa para jantar e não saber o que virá pela frente é um tanto desafiador. Pior é pegar aquela comida com o hashi, sem saber o gosto que te espera. Na mesa, entre os brasileiros, comentamos o que é bom ou ruim, em português. Para os chineses, só digo o que gostei e agradeço. É dispensável criticar o que não agradou ao paladar, frente a tão boa hospitalidade e receptividade.

Sim, a cidade é bonita. Os prédios são gigantes, altíssimos. Nas sacadas dos apartamentos, milhares de varais cheios de roupa colorida secando no mesmo ritmo, embalados pelo vento. Ao longo do dia, o clima, a paisagem e o céu permanecem iguais. Não há a beleza do nascer do sol, ou o adeus do sol se pondo. Simplesmente fica claro ou escuro. Ainda assim, a cidade é iluminada e cheia de vida. Nas ruas, as vezes descubro algumas flores de plástico. Não deixa de ser belo, é apenas triste pensar que elas ocupam o lugar das flores vivas e cheias de polén. Mas é exatamente isso que também fazemos ao derrubar as matas e construir nossas próprias casas. Falando nisso, já é hora de ir para o escritório, um prédio bonito, perto de casa.

Read Full Post »